De onde Brasília surgiu?

Escrito por Brasília Poética em . Postado em Capa Sem Comentários

De onde Brasília surgiu?

Em “Registro de uma vivência”, sua autobiografia, Lúcio Costa responde:

1º. – “Conquanto criação original, nativa, brasileira, Brasília – com seus eixos, suas perspectivas, sua ordonnance – é de filiação intelectual francesa. Inconsciente embora, a lembrança amorosa de Paris esteve sempre presente.

2º. – Os imensos gramados ingleses, os lawns da minha meninice, – é daí que os verdes de Brasília provém.

3º –  A pureza da distante Diamantina dos anos vinte marcou-me para sempre.

4º –  O fato de ter então tomado conhecimento das fabulosas fotografias da China de começo de século (1904 + ou -) terraplenos, arrimos, pavilhões com desenhos de implantação – contidas em dois volumes de uma alemão cujo nome esqueci.

5º –  A circunstância de ter sido convidado a participar, com minhas filhas, dos festejos comemorativos da Parson School os Design de Nova York e de poder então percorrer de “Grey-hound” as auto-estradas e os belos viadutos-padrão de travessia nos arredores da cidade.

6º –  Estar desarmado de preconceitos e tabus urbanísticos e imbuído da dignidade implícita do programa: inventar a capital definitiva do país.”

 

Trackback do seu site.

Deixe um comentário


Leia também:

A passagem de Tom Jobim e Vinícius de Moraes pelo Catetinho

O texto de Antônio Carlos Jobim Setembro, sertão no estio. Frio seco. Altitude aproximada: 1.200 metros. Ar transparente, céu azul profundo, primavera e pássaros se namorando. Campos gerais, chapadões dos gerais. Cerrado e estirões de mata à beira dos rios.…

Alvorada de Espelhos

Alvorada de Espelhos Por Clemente Luz O imenso louva-a-deus traçado no papel, antes promessa da presença da cidade, já tem forma e base sólida no chão do planalto. No local mesmo onde a visão do profeta viu “que se formava…

Bernardo Sayão

Da morte emerges, Bernardo Sayão, e com que pureza! Assim te revemos, os que nunca te vimos, e não há em nós nenhuma surpresa. Assim te revemos, sertanejo tranqüilo, no retrato que te faz surgir num descampado, o olhar firme, …