Linha do Tempo

Brasília, 18 de março de 1960

Ensino primário – A imprensa assinala que estão funcionando na área de Brasília as seguintes escolas ou cursos primários particulares: Escola das Irmãs Dominicanas, 150 alunos; Instituto Educacional de Brasília (Batista), 275 alunos; Escola Medodista, 135 alunos; Escola Evangélica de Brasília, 64 alunos; Escola da Igreja Evangélica ‘Simonton’, 70 alunos; Curso Primário do Ginásio de Brasília, 412 alunos; Curso Primário do Ginásio Dom Bosco, 560 alunos e Escola Paroquial Nossa Senhora de Fátima, 330 alunos.

Trackback do seu site.

Deixe um comentário

Brasília, 17 de março de 1960

Fundação de Assistência aos Garimpeiros – O Presidente da Fundação declara à imprensa que está providenciando a instalação de sua sede em Brasília, já tendo criado as delegacias de Diamantina, Minas Gerais e Goiânia, Goiás. No Planalto Central, a Fundação continuará intensificando a assistência aos garimpeiros, inclusive mediante publicações especializadas. Banco da Lavoura de Minas Gerais – Um representante dessa entidade trata da instalação, em Brasília, da sua agência metropolitana. O Banco da Lavoura foi o pioneiro do Núcleo Bandeirante e instalar-se-á na quadra 306 do Plano Piloto, providenciando inclusive residência para seus funcionários. Armazenagem – Prevê-se para os próximos dias o inicio dos trabalhos de construção de um conjunto de armazém e silo em Brasília, com capacidade para guardar de 7.200 toneladas de gêneros. Já se iniciaram as obras de terraplenagem para o Centro de Abastecimento respectivo. Heckel Tavares – No Rio de Janeiro, o Presidente Juscelino Kubitschek recebe, no Palácio da Laranjeiras, a visita do compositor brasileiro  Heckel Tavares, autor de uma peça musical denominada “Três Poderes”, composta especialmente para louvar e homenagear a construção de Brasília e também exaltar a perfeita harmonia existente entre os Poderes da República. Durante a execução da referida peça, o Presidente Juscelino grava, para figurar como parte da mesma, um trecho do seu discurso proferido na futura Capital do país, quando da inauguração do Palácio da Alvorada, ocasião em que pronunciou algumas frases de exaltação cívica que se encontram gravadas à entrada da residência presidencial no planalto goiano. O compositor Heckel Tavares declara, na ocasião de sua visita ao Presidente da República, que a sua música fora inspirada naquele trecho da fala presidencial. Conferência – No auditório do Ministério da Educação e Cultura, no Rio de Janeiro, o senhor Ernesto Silva, Diretor da Novacap, profere uma conferência, no ciclo organizado pelo Instituto Superior de Estudos Brasileiros, sobre aspectos educacionais, médico-hospitalares e assistenciais em Brasília.

Brasília, 19 de março de 1960

Mudança da Capital – De ordem do Presidente Juscelino Kubitschek, o Chefe da Casa Civil da Presidência da República expede a todos os Ministérios e órgãos diretamente subordinados à Presidência da República a seguinte circular:

“Tendo em vista o acúmulo de serviços da Presidência da República, decorrente dos preparativos de mudança para Brasília, solicito, de ordem do Senhor Presidente da República, providências de Vossa Excelência, a fim de que, a partir desta data, somente sejam remetidos a esta Secretaria os expedientes considerados urgentes e de solução inadiável.”